top of page
  • Rodrigo Guiguem

Quais os principais erros que podem levar o contribuinte à malha fina no IRPF 2023


Para evitar a malha fina em 2023 é extremamente importante preencher a sua declaração de Imposto de Renda com informações completas e corretas. A Receita Federal está cada dia mais automatizada: são cruzados os dados entregues pelos diferentes CNPJs, e fica evidente quando alguém informa algo indevido.

Confira aqui pontos importantes para ficar atento na sua declaração do Imposto de Renda 2022.

1- Não inclua os dependentes em mais de uma declaração

Esta é uma dúvida comum: a família precisa se organizar para decidir em qual das declarações vai incluir os dependentes. Outra dificuldade é quando o próprio dependente faz sua declaração em separado. São erros clássicos, que acabam atrasando o processamento da sua documentação.

2- Inclua todas as receitas que recebeu (e as de seus dependentes)

Esquecer de algum valor recebido é um dos problemas. Pode ser um pagamento de dívida que você recebeu; valores referentes a compensações; ganhos na bolsa de valores; os salários dos dependentes. Lembre-se de que todos os rendimentos precisam aparecer: até mesmo o Auxílio Emergencial está categorizado como tributável.

3- Informe apenas gastos dedutíveis permitidos

Embora o brasileiro entenda que gastos com saúde e educação devam ser abatidos do Imposto de Renda, há um limite para isto e não adianta querer informar acima deste total. Além disso, as regras sobre o que efetivamente pode ser deduzido são muito específicas – preencher informações que não se comprovam é perda de tempo pois, como já comentamos, os sistemas estão cada vez mais interligados.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page